sábado, 26 de janeiro de 2013

Vídeo - Ativistas do homossexualismo agridem jovens católicos em Curitiba-PR

O vídeo a seguir contém cenas fortes e provocativas, recomendamos discrição ao assistir.

             No último dia 14/01/2013 Curitiba presenciou cenas de intolerância, falta de respeito e até mesmo agressão física. Este lamentável acontecimento não partiu de extremistas religiosos, fanáticos ou grupos de extrema direita, mas sim de ativistas do movimento homossexual de Curitiba. Toda esta demonstração de intolerância era para tentar impedir aquilo que eles dizem defender, a liberdade de expressão.
O Instituto Plínio Corrêa de Oliveira está percorrendo o Brasil com uma campanha pacífica intitulada Cruzada pela Família no intuito de defender os valores cristãos e contra as leis de aborto e contra a agenda do movimento homossexual, como o kit homossexual nas escolas, a lei de homofobia, etc. Durante as ações desta campanha em Curitiba os participantes do Instituto que promovem a campanha foram cercados, ofendidos e agredidos de forma lamentável e triste de se ver, e o pior de forma gratuita.
Assusta ver demonstrações de ódio gratuito dessa forma, justo porque, aqueles que agrediram fazem parte de um movimento que diz lutar pela tolerância, amor, respeito e liberdade de expressão e que em ações como esta demonstra de forma assustadora tudo aquilo que dizem lutar contra. Fica parecendo que a tolerância, respeito e liberdade de expressão que o movimento homossexual defende são somente para aqueles que defendem o mesmo que eles. Mas tolerância, respeito e liberdade de expressão devem valer para todos, não se pode obrigar que todos defendam somente uma posição, isso não é liberdade, respeito e muito menos tolerância.

Nenhum comentário:

Postar um comentário