sábado, 12 de janeiro de 2013

Região serrana, dois anos do desastre, dois anos de descaso e abandono

          

          Há exatos 2 anos o Brasil assistia e acompanhava estarrecido com a tragédia que havia acontecido na região serrana do estado do Rio de Janeiro. O maior desastre natural do país atingiu 15 cidades, matou mais de 900 pessoas e deixou mais de 20 mil desalojados. Logo após o desastre ser anunciado começou a movimentação dos governantes e autoridades para tomar as providências de recuperação da região atingida, foram prometidas 5 mil casas para aqueles que perderam suas casas, além das indenizações e aluguéis que foram prometidos a população. Começaram a chegar de todos os cantos do país doações de todos os tipos para os desabrigados e atingidos pela tragédia. Grande parte das doações chegaram nas mãos de quem precisava, o problema começou com as doações que seriam distribuídas pelos governos municipais, algumas doações de roupas não foram entregues e uma das prefeituras deixou milhares de eletrodomésticos estragarem em um depósito, eletrodomésticos que seriam para os que perderam tudo.
          O cenário nas áreas atingidas depois de 2 anos é de descaso e abandono, as promessas foram só promessas, nenhuma das casas prometidas foram entregues, pontes continuam destruídas e ainda não foram reconstruídas e vários rios que foram assoriados não foram dragados. O desastre já passou, mas o sofrimento não. A população da região ainda sofre as consequências do descaso público, do abandono e das promessas eleitorais que pioraram ainda mais a situação na região na última campanha eleitoral no final de 2012. Desvio de verba, corrupção e promessas não cumpridas marcaram estes 2 anos, infelizmente quem mais sofreu e ainda sofre com isso é a população que luta para se recuperar e recuperar suas vidas apesar de tudo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário