segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Olha a inflação aí gente!



por Dálcio para o Correio Popular cedido ao Humor Político


O carnaval com certeza é uma das festas mais esperadas e animadas do nosso povo, e este ano os brasileiros estão pulando o carnaval com um convidado que os brasileiros já estavam se esquecendo, primeiro pois não víamos a muito tempo e segundo pois é muito indesejável. A inflação voltou a assustar, a poucos dias do início do carnaval foi anunciado o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) de janeiro que subiu 0,86%, o Brasil não via uma alta tão grande desde abril de 2005 quando o índice teve uma alta de 0,87%.
Quem esta se divertindo no carnaval pode não esta pensando nisso, e não queremos acabar com a festa de ninguém, mas fato é que ao terminar o carnaval todos irão sentir este aumento que vem puxando os preços para o alto. Alguns mais atentos, já tem percebido que os valores nos supermercados dos itens básicos já tiveram altas consideráveis. Nesta quinta que antecedeu o carnaval, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) anunciou que o IPCA obteve nos últimos 12 meses uma alta de 6,15%. Com isso o governo já se aproxima de estourar o limite da inflação que o BC (Banco Central) projetou para 4,5% neste ano.
Ao contrário do Ministro de Fazenda, Guido Mantega, que diz não está preocupado com o índice, o presidente do BC se mostra preocupado e desafiado a manter a economia brasileira controlada. Curiosa esta atitude do ministro, já que o Brasil vem tendo uma dificuldade tremenda para obter um crescimento convincente.
Um dos fatores para esta alta foi o aumento dos combustíveis em janeiro, que dentro dos próximos 2 a 3 meses deve começar a ser repassado para o consumidor final. E não é somente quem possui carro ou moto que sentirá o aumento como muitos acreditam. As empresas de ônibus também devem repassar para seus usuários este aumento, e isso pesa diretamente no bolso dos trabalhadores que dependem deste meio de transporte. Principalmente nos locais ou cidades onde esta é a única opção de transporte de massa, que além do reajuste do início do ano deve sofrer outro aumento. Outro fator mais perceptível ao consumidor são os preços dos alimentos que tiveram uma alta de 11% no último ano e vem pesando no orçamento do brasileiro.
Dizem que o ano só começa no Brasil após o carnaval, e neste ano o ano começará com este novo integrante. O Brasil que tem pavor só de lembrar do período da hiperinflação que arrasou o Brasil na década de 80 não deve se preocupar, segundo alguns especialistas. Para eles não temos o risco da hiperinflação, para eles esta inflação irá diminuir em muito o poder de compra do consumidor mas será controlada pelo governo. Esperamos que eles estejam certos, pois eu duvido que o povo queira ver este dragão crescendo.

Leia mais sobre este assunto:

Por que você deve se preocupar com a inflação em 2013

Inflação volta a assustar
Alta da inflação no Brasil destaca necessidade de reformas


Nenhum comentário:

Postar um comentário