sexta-feira, 22 de março de 2013

Governo do Brasil quer financiar GP do Fidel



Não parece haver mais problemas no Brasil, pelo menos deve ser isso que passa pela cabeça do ministro do Esporte Aldo Rebelo (PCdoB) ao propor à FIA que Cuba seja incluída no circuito de grandes prêmios da Fórmula-1 com a garantia que o Brasil construiria um autódromo na ilha com dentro dos padrões para receber o evento.

O jornalista Anselmo Gois publicou no último sábado (16/03) em sua coluna no jornal O Globo que o Ministro do Esporte Aldo Rebelo (PCdoB) propôs a Bernie Ecclestone, o mais poderoso nome da Fórmula-1 que ajudasse a incluir Cuba no circuito dos GPs da categoria. O projeto seria auxiliado pelo Brasil que construiria um autódromo dentro dos padrões da FIA para receber um GP da Fórmula-1.
Curioso é ver que nem mesmo o Brasil possui um autódromo digno de receber um GP, todo ano São Paulo luta para manter Interlagos dentro dos padrões para manter o Brasil no circuito dos GPs, correndo sérios riscos do Brasil sair da lista da Fórmula-1. Aliás, o Rio de Janeiro ainda lamenta a perda de seu autódromo para a construção do centro olímpico para as olimpíadas 2016.
As relações entre PCdoB, PT e outros partidos da esquerda com a ditadura dos irmãos Castro não é segredo para ninguém, mas daí a tirar dinheiro público do Brasil para construir um autódromo de auto padrão em um país marcado pelo autoritarismo, falta de liberdade de imprensa e falta de liberdade política. Há um ditado que diz “diga-me com quem andas que eu te direi quem és”. Agora é só ligar os pontos.

Leia mais:
Ministro do Esporte Aldo Rebelo pede a Bernie GP em Cuba em autódromo feito pelo Brasil, diz jornal



Nenhum comentário:

Postar um comentário