quinta-feira, 24 de abril de 2014

E vai ter copa? Vai sim senhor!!!




Faltam 50 dias para a Copa do Mundo 2014 que será sediada em nossa terra, aqui no Brasil. Sei que há muita gente imaginando grandes protestos e até a hipótese de que a pressão popular consiga tirar a copa daqui, forçando a FIFA a levar o mundial para outro país, envergonhando o Brasil frente ao mundo. Lamento acabar com as esperanças destes críticos de fim de semana, que comemoraram quando o país foi escolhido para o mundial e agora apontam a Copa 2014 como nosso maior mal. Para quem aposta que não haverá copa, eu digo, haverá Copa sim! E será um vexame total.

Desde o anúncio do país como sede da Copa 2014 o governo se comportou como o resto da população, muita festa e pouca ação. Especialistas em administração pública disseram na época que seria uma ótima oportunidade para o Brasil mostrar que aprendeu a fazer as coisas como devem ser feitas, e realmente era. E agora restando pouco mais de um mês para a Copa podemos dizer sem medo de errar que não, ainda não aprendemos a fazer as coisas como deveriam ser feitas e passaremos vergonha durante o mundial.

A população se divide entre os otimistas que crêem que faremos a melhor Copa de todas e os pessimistas que não estão ligando muito para a Copa. E observando as ruas de nossas cidades, me parece que os pessimistas estão em maioria. Somos um povo que não consegue esconder sua euforia, em outras copas nossas ruas já estariam com muros pintados e bandeirinhas penduradas em todo canto, mas não é isto que esta ocorrendo. Visivelmente o brasileiro não esta animado com a Copa. Talvez seja pela situação do país, onde nada funciona, o custo de vida aumenta e a violência impede as pessoas de viverem com tranquilidade, ou seja, pelo time que irá representar os canarinhos. A seleção que irá para a Copa com certeza não empolga os brasileiros.

Já pararam para imaginar os torcedores das 31 seleções visitantes chegando ao país no início de junho para acompanhar a Copa? Serão milhares de torcedores circulando por 12 cidades em todo o país, usufruindo de toda nossa rede de transportes e aeroportos modernos. Bom, este seria o sonho, a realidade é bem diferente.

Foram anunciados projetos ambiciosos urbanísticos, reformas de aeroportos, novas linhas de metrô e ferrovias para o mundial. O mundial está chegando e quase nada está pronto, e nem vai ficar. Talvez o que foi anunciado para a Copa 2014 só seja visto em funcionamento nas Olimpíadas 2016, mas esta só será no Rio de Janeiro. O trem bala teve o projeto abandonado e cerca de 80 % das obras urbanísticas para a Copa não estarão prontas, ou seja, o risco do Brasil virar um caos durante o mundial.

Para tentar exemplificar o que estou tentando demonstrar, basta olhar o trajeto de uma das seleções mais badaladas desta Copa, a Espanha. Com craques como Iniesta, Xavi, David Villa, Fernando Torres, entre outros. Será uma das seleções mais acompanhadas da Copa, milhares de torcedores irão acompanha La Furia pelos estádios do Brasil, ou tentarão. A Espanha irá jogar na primeira fase em Salvador, Rio de Janeiro e Curitiba. 

A primeira parada é Salvador-BA, uma importante cidade brasileira, com muita história para contar, basta saber que o Brasil praticamente começou ali, é uma cidade que deve ser visitada por todo aquele que quiser conhecer a história de nosso país. Os torcedores da Furia tem sua estréia para esta importante cidade e com outra grande seleção, a Holanda, com certeza será um jogaço, mas tenho pena dos torcedores de ambas as seleções para chegar na Arena Fonte Nova. Para começar, a cidade não conta com sistema de metrô, a obra do metrô de Salvador começou em 1997 e só será concluída em 2017 e estava previsto para junho de 2014. Os torcedores então, deverão ir ao estádio de ônibus, taxi ou andando mesmo, dependendo claro da distancia do hotel. Após o primeiro jogo, é hora dos espanhóis irem para a Cidade Maravilhosa acompanhar sua seleção. A melhor forma de ir será de avião, o que deverá entupir os aeroportos, se no Brasil houvesse um bom sistema ferroviário a situação poderia ser outra, além de proporcionar uma belíssima viagem através do estado do Espírito Santo. Já na chegada terão que testar a paciência nos aeroportos e no trânsito. A segurança é outro ponto que os visitantes deverão prestar atenção. Cinco dias após a partida no Rio de Janeiro é hora dos espanhóis irem para Curitiba, no Paraná. A cidade não possui sistema de metrô, mas o sistema de transporte rodoviário é muito eficiente, o maior problema deverá ser a chegada pelo Aeroporto Internacional Afonso Pena, onde a reforma e a ampliação estão longe de terminar. A obra estava prevista para julho de 2013, mas só deve ser entregue em março de 2016, 3 nos após o prazo inicial e 2 após o mundial.

Esta é só uma mostra e só comentamos o trajeto de uma seleção durante a primeira fase apenas. Serão centenas de milhares de torcedores de 31 seleções circulando pelo país em 20 dias e provavelmente a única coisa que os torcedores irão encontrar prontos e preparado exclusivamente para a Copa serão os estádios, pois as obras de acesso e urbanização quase todas estão atrasadas ou nem iniciaram.

Então, quem espera que impedir que a copa ocorra será a maior vergonha que nosso país possa passar, eu discordo. Evitar que a copa ocorra talvez seja evitar o maior vexame internacional de nossa história. Enquanto o show rola nos estádios, irá sobrar reclamações nas cidades sede por vários motivos. Corremos o risco de mostrar ao mundo como é o Brasil de verdade, e este é meu medo.

Como todo brasileiro, eu adoraria estar festejando esta copa. Esperando orgulhoso poder mostrar aos gringos que não somos somente bons com a bola no pé, mas que também sabemos e podemos organizar um mundial. Que temos aeroportos, metrôs, trens e tranquilidade para organizar grandes eventos como este. Mas lamentavelmente, temos que torcer para que Hulk, Daniel Alves, Neymar e companhia dêem um show de bola nos estádios que já custaram três vezes mais que o previsto para amenizar o caos que provavelmente irá ocorrer do lado de fora deles. E para quem pergunta se irá ter copa, eu respondo. Vai sim senhor, só não será a melhor que poderíamos organizar.

Leia mais:



Nenhum comentário:

Postar um comentário